© 2019 by Nishimoto. All rights reserved.

OFICINA / ENCERRADA

OFICINA DE SUMI-Ê: SAKURA, JUNHO 2018

OFICINA DE SUMI-Ê SAKURA NO ESPAÇO COR 

A Oficina será ministrada pelo artista Nishimoto e acontecerá no sábado16 de junho de 2018 das 8h às 17h.

 

Serão permitidos no máximo 12 aprendizes na turma para que o facilitador possa dar atenção individualizada a cada participante e o curso se realize de forma fluida. 

 

SOBRE AS INSCRIÇÕES 

 

Pagamento à vista - R$ 400,00  

Pagamento parcelado – 2 x de R$ 235,00 

A inscrição se confirma a partir de depósito, transferência bancária ou pagamento feito diretamente no Espaço Cor. 

Será feito um sorteio de uma obra em Sumi-ê do artista Nishimoto ao final do curso. 

LOCAL DA OFICINA

Espaço Cor 

Rua 105-D n.24

Setor Sul - Goiânia

INFO: Whatsapp 62 98519-7606 (Tatiana Pacheco - direção da oficina)

 

SOBRE O FACILITADOR DA OFICINA: NISHIMOTO 

 

Nishimoto estudou Comunicação Visual e Design Gráfico na Universidade de Brasilia (1999), cidade em que viveu por 17 anos. Neto de japoneses, os quais forneceram o contato direto do artista com a cultura nipônica, em 2008, retornou à sua cidade natal, Goiânia, local onde hoje vive e trabalha. Atua como designer e diretor de arte em diversas modalidades do design, como moda, branding, editorial e ilustração. Também exerceu o trabalho de docência em nível superior em diversas disciplinas do design gráfico (História da Arte e do Design, Tipografia, Análise Gráfica, Projetos e Orientação de TCC). Atualmente desenvolve trabalho de ensino nas áreas de desenho e pintura tradicionais. 

 

Desde muito cedo, Nishimoto se interessou pela semiótica - o estudo do significado de símbolos e imagens; assim como pelas artes plásticas (autodidata). Atualmente ele se dedica ao design e à arte de maneira autônoma. Seus trabalhos buscam a origem - dele mesmo e a nossa -, a compreensão da essência humana e do tempo que nos é tão efêmero. Em suas obras, o artista explora esses temas com técnicas tradicionais ocidentais e orientais, incluindo o pontilhismo em nanquim, a aquarela, o desenho (em todas as suas modalidades) e sumi-ê (antiga técnica oriental de pintura). 

 

Suas obras são visivelmente laboriosas com técnicas tradicionais, no intuito de capturar e fazer visível o imaterial: o tempo e o sentido da vida. O artista já participou de várias exposições coletivas e individuais em Goiânia e tem seus trabalhos fazendo parte de acervos em diversos locais do Brasil e exterior. 

 

O QUE É SUMI-Ê 

 

Sumi-ê é a arte do essencial. 

É uma expressão de arte que busca revelar a nossa percepção da natureza. Nenhum traço é igual ao outro, nenhuma flor tem a mesmas características. Assim como no zen-budismo, o momento da concepção é único, assim, não há dois desenhos iguais. E estes, por retratarem o vivo instante da alma naquele momento único, não comportam correção nem hesitação para não se ferir a pureza e a fidedignidade do estado de espírito revelado nos traços. Deste modo, como tudo na vida, somos seres únicos. E o sumi-ê nos aproxima desta verdade: imperfeita, transitória, poética e, acima de tudo, verdadeira. 

 

DA ORIGEM DO SUMI-Ê 

 

Derivado da caligrafia chinesa e originário dos templos budistas chineses durante a dinastia Sung (960 – 1274), o suiboku-ga chegou ao Japão no século XIV. Sob forte influência zen-budista evoluiu em território japonês para o sumi-ê. No Brasil, provavelmente o introdutor da arte do sumi-ê foi Massao Okinaka. Por muitos anos manteve classes de alunos interessados em aprender essa técnica tão antiga, mas absolutamente nova para os ocidentais. 

 

DO OBJETIVO DA OFICINA 

 

O objetivo da oficina é apresentar a técnica de pintura oriental sob a temática da cerejeira em flor. 

Serão demonstradas as técnicas básicas do nanquim e da aquarela e exercícios de composição da cerejeira. Serão propostas atividades práticas com a elaboração final de um Sumi-ê de Sakura. 

Ao longo do processo, o/a aprendiz entrará em contato também com os princípios filosóficos e estilísticos da técnica que aborda a transitoriedade, a expressão e a imperfeição como elementos fundamentais da criação. 

 

EMENTA DA OFICINA DE SUMI-Ê 

1 – Breve introdução a arte do Sumi-ê: significado e história. 

2 – Técnicas básicas do nanquim. 

3 – Técnicas básicas da aquarela. 

4 – Exercícios de composição: tronco da Sakura. 

5 – Exercícios de composição: flores da Sakura. 

6 – Criação de um sumi-ê de Sakura. 

 

Obs.: o curso conta com certificado de 8 horas curriculares. 

 

MATERIAL NECESSÁRIO PARA OFICINA A SER ADQUIRIDO PELO APRENDIZ 

 

2 pincéis para Sumi-ê ou aquarela (um com pelos pequenos e outro médios, macios) 

1 frasco de nanquim (30ml) 

1 Paleta de aquarela (sólida ou em bisnagas) ou Ecoline (aquarela líquida vendidas em frascos de 30ml). Caso preferir trazer cores avulsas, aquelas que sejam nos tons vermelhos ou violetas. 

1 godê (para diluir e misturar tintas) 

2 blocos de papel Canson A3 

também: 1 pires pequeno 

1 manteigueira individual pequena de porcelana (daquelas servidas nos cafés da manhã em hotéis) 

1 colher de café 

1 toalha de mão pequena 

 

Os materiais poderão ser encontrados na Papelaria Universitária 

Avenida Universitária, 770, Setor Leste Universitário. Goiânia – GO (62) 3218-6218 

 

Orçamento (os valores estão sujeitos a alteração): 

 

1 pincel n 5 para Sumi-ê Keramik - R$ 16,90 

1 pincel 2/705 Keramik - R$ 16,90 

1 pincel 6/705 Keramik - R$ 18,90 

1 pincel 00/409 Condor - R$ 12,90 

2 Ecolines Talens (aquarela líquida) 

Vermelho magenta # 337 R$ 24,90 

Vermelho escarlate # 334 R$ 24,90 

1 nanquim Talens (indian ink) R$ 29,60 

1 papel 200 gramas (20 folhas) R$ 49.90 

1 papel 300 gramas (15 folhas) R$ 77,90 

Paleta de aquarela, 12 cores Pentel R$ 33,90 

  • FACEBOOK ICON
  • INSTAGRAM ICON