© 2019 by Nishimoto. All rights reserved.

CURSO DE HISTÓRIA DA ARTE OCIDENTAL

​PÓS-MODERNISMO E A ARTE CONTEMPORÂNEA

SOBRE O CURSO DE HISTÓRIA DA ARTE OCIDENTAL

PÓS-MODERNISMO E A ARTE CONTEMPORÂNEA

PÓS-MODERNISMO E A ARTE CONTEMPORÂNEA

sábado, 08 de junho 2019

7h de duração (das 9h às 12h e das 14h às 18h)

Local: Espaço Cor  

Rua 105-D n.24

Setor Sul

Goiânia

Serão permitidos (as) no máximo 20 participantes por módulo. 

 

DO INVESTIMENTO 

 

Pagamento pela palestra: R$ 300,00 (trezententos reais).  O valor é pago até um dia antes da palestra.

A inscrição na palestra se confirma a partir de depósito, transferência bancária ou pagamento feito diretamente no Espaço Cor. O pagamento dá o direito a uma palestra de 7 horas. A palestra não é acumulativa: uma vez perdida por falta, não há reposição em outro horário nem ressarcimento do valor pago. 

 

Espaço Cor 

Rua 105-D n.24

Setor Sul

Goiânia

 

Whatsapp  62 98519-7606 (Tatiana Pacheco - direção do curso)

SOBRE O FACILITADOR DO CURSO – MARCELLUS NISHIMOTO 

 

Marcellus Nishimoto estudou Comunicação Visual e Design Gráfico na Universidade de Brasilia (1999), cidade em que viveu por 17 anos. Neto de japoneses, os quais forneceram o contato direto do artista com a cultura nipônica, em 2008, Nishimoto retornou à sua cidade natal, Goiânia, local onde hoje vive e trabalha. ​

 

Nishimoto atua como designer e diretor de arte nas áreas de moda, branding, design editorial e ilustração. Exerceu também o trabalho de docência em nível superior em diversas disciplinas do design gráfico (História da Arte e do Design, Tipografia, Análise Gráfica, Projetos e Orientação de TCC).  Atualmente desenvolve trabalho de ensino nas áreas de desenho e pintura tradicionais além da atuação como designer e artista visual.

 

Desde muito cedo, Nishimoto se interessou pela semiótica — o estudo do significado de símbolos e imagens, assim como pelas artes visuais. Atualmente ele se dedica ao design e à arte de maneira autônoma. Seus trabalhos buscam a origem — dele mesmo e a nossa —, a compreensão da essência humana e do tempo que nos é tão efêmero. Em suas obras, o artista explora esses temas com técnicas tradicionais ocidentais e orientais, incluindo o pontilhismo em nanquim, a aquarela, o desenho (em todas as suas modalidades) e sumi-ê (antiga técnica oriental de pintura).

 

Suas obras são visivelmente laboriosas com técnicas tradicionais, no intuito de capturar e fazer visível o imaterial: o tempo e o sentido da vida. O artista já participou de várias exposições coletivas e individual em Goiânia e tem seus trabalhos fazendo parte de acervos em diversos locais do Brasil e exterior. 

 

OBJETIVO DO CURSO  

 

O objetivo do curso é abordar as várias etapas da arte ocidental desde o final da Segunda Guerra Mundial até a produção artística dos anos 2000. Serão apresentadas as principais criações artísticas destes períodos da arte, com explicações sobre as obras, os artistas e o momento histórico e social do contexto. Haverá uma análise técnica e crítica das produções artísticas e a discussão do impacto cultural que estas obras produziram na sociedade: suas influências diretas no comportamento e costumes de cada período.

 

EMENTA DO CURSO  

PÓS-MODERNISMO E A ARTE CONTEMPORÂNEA

DO ESTILO INTERNACIONAL AO PLURALISMO DOS ANOS 2000

- Pós Segunda-Guerra e o Estilo Internacional

- Expressionismo Abstrato

- Op Art

- Pop Art

- Novo Realismo e Hiperrealismo

- Arte Conceitual

- A perfórmance

- A instalação

- A arte interativa

- O retorno à arte figurartiva

- O Surrealismo-Pop

- A arte urbana

DURAÇÃO

 

A palestra tem a duração de 7h, ocorrendo a primeira parte das 9h às 12h e a segunda parte das 14h às 18h.

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA NO CURSO 

 

ARGAN, G. C. Arte Moderna - do iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo: Cia. das Letras, 1996.

 

BARZUN, J. Da alvorada à decadência — a história da cultura ocidental de 1500 aos nossos dias. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

 

BATCHELOR, D.; FER, B.; WOOD, P. Realismo, racionalismo, surrealismo — a arte no entre-guerras. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

 

BAUMGART, F. Breve história da arte. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

 

BLUNT, A. Teoria artística na Itália 1450-1600. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2001.

 

BROWN, J. Pintura na Espanha 1500-1700. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000.

 

CHIPP, H. B. Teorias da arte moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

 

DÛCHTING, H. Masterpieces of french painting. Paris: Könemann, 2016.

 

FRASCINA, F. et al.  Modernidade e modernismo — a pintura francesa no século XIX. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

 

FRASCINA, F.; HARRISON, C.; PERRY, G. Primitivismo, cubismo, abstração — começo do século XX. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

 

GOMBRICH, E. H. A história da arte. Rio de Janeiro: LTC Livros Técnicos e Científicos, 1995.

 

GULLAR, F. Etapas da arte contemporânea — do cubismo à arte neoconcreta. Rio de Janeiro: Editora Revan, 1999.

 

ISAACSON, W. Leonardo da Vinci. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2017.

 

LEVEY, M. Pintura e escultura na França 1700-1789. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000.

 

PEVSNER, N. Origens da arquitetura moderna e do design. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

 

READ, H. Uma história da pintura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

 

SLIVE, S. Pintura holandesa 1600-1800. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000.

 

VILLAS-BOAS, A. Utopia e disciplina. Rio de Janeiro: 2AB, 1998.

 

VLIEGHE, H. Arte e arquitetura flamenga 1585-1700. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000.

 

WOOD, P. et al. Modernismo em disputa — a arte desde os anos quarenta. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

 

Aguardamos a sua participação!

Agradecemos o seu interesse e atenção.

  • FACEBOOK ICON
  • INSTAGRAM ICON